Minha festa solitária

Saio da casa que me prende
Chamo todos meus fantasmas
Para dançar pelos céus
E aqui dentro do meu quarto
E todos os anjos baixam aqui
Cada um acompanhado de um demônio
Num amor celestial eterno e infinito
Então eu relaxo um pouco mais
E dou risada com as neuroses
Despreocupadas 

E minhas sombras com saudade
Vêem todas me abraçar
Eu estava sofrendo por não dar amor
E eu vejo que toda briga
É um grito de falta de amor
Então vamos perdoar
Todo erro que cometemos
E a todos que nós fizeram sofrer
Porque somos um para dançar
Nessa festa chamado amar

Eu fico meio travado as vezes
Sem saber o que fazer pra onde ir
Mas quando o som transborda minha alma
Eu pulo pra fora de mim e volto.


Fico muito grato por você estar aqui!

Se gostou clique aqui para receber novas postagens por e-mail.

Ou se preferir clique aqui para entrar na lista de transmissão do WhatsApp.

Me siga nas redes sociais:

Comentários