Você

Leia o poema escutando esta música...

Será que eu me entrego ao que fujo?
Ou fujo do que quero me entregar?
É difícil de acreditar
Mas seu calor me guia
Eu fecho meus olhos e vejo os seus
Como eu posso não te querer?

Nem toda a água gelada do oceano
Poderia esfriar meu coração agora
Estes dias entendi por quê sofro tanto
Porque a vida que eu quero é muito além
Que está vida que sacrifica o bem pelo mau
Que subverte o humano pelo imoral
Que despreza lágrimas e suor por luxo
Que faz do ódio razão e do amor lixo

Com você eu esqueço de tudo isso
Quase esqueço dos meus compromissos
Acredito de novo, me sinto novo
É como se eu sempre te esperei

Mas não quero que agora que me abri você se vá
Como todas foram quando me ouviram falar
Que eu tenho medo também
Tenho dias ruins também
Tem dias que nem eu me aguento
E não há remédio...

A não ser você
Seu amor me cura
O mundo fere
Mas nosso amor cura

E sem você não consigo dormir
Porque quando fecho os olhos vejo você
Será que você também pensa em mim?
Será que estou delirando outra vez
Quando vejo nossos filhos em seu sorriso,
Quando vejo a gente se divertindo
Enquanto o mundo acaba
Com sua própria raiva?

Se eu estiver com você estará tudo bem
Faço tudo pelo nosso amor, é só me dizer
Só não vou me perder de mim outra vez
Porque já me perdi e me prometi não me deixar
Senão não poderei mais te amar
Senão tudo terá sido em vão
Senão eu terei perdido o tesouro
Que sempre procurei no meu coração
E só encontrei com você
Quando te encontrei.


Fico muito grato por você estar aqui!

Se gostou clique aqui para receber novas postagens por e-mail.

Ou se preferir clique aqui para entrar na lista de transmissão do WhatsApp.

Me siga nas redes sociais:


Comentários