Sensibilidade

Luz Branca

Luz Negra

Luz Branca

Luz Negra

Título: SensibilidadeTécnica: Acrílica em MDFLocal e data de criação: Jaboticabal/SP, 05/2019Número de identificação: 00005Dimensões: 65 cm x 43 cm​​​​​​​Proveniência: Coleção particular de Sérgio Gentil em Jaboticabal-SP.Obra exposta no evento Chá Cultural da FCAV UNESP campus de Jaboticabal em Junho de 2019.Se todos ao seu redor estão protegendo sua ignorância, se for muito sensível você pode se machucar com a brutalidade gerada pela sensação de proteção que os macacos têm. Sua luz pode se apagar se deixar que a brutalidade do mundo te machucar.A sensibilidade é boa mas cuidado para não se machucar demais por aí entre os macacos astronautas. Eles são sem noção.Esta obra foi feita especialmente para a exposição no evento “Chá do respeito – Bulling não é brincadeira” promovido pelo laboratório LAMMA da Unesp de Jaboticabal. O evento aconteceu dia 29/05/2019 e nela foram expostas diversas obras em especial esta que retrata os macacos nos capacetes estão dando risada, tranquilos protegidos pela carapaça, e vulnerável no centro está um alienígena.O fundo na luz negra é azul e verde e na luz normal, além destas cores, está o amarelo, estas cores representam o Brasil. O alienígena está em amarelo também, e na luz artificial ele aparece sem destaque já que o fundo ao seu redor também é amarelo. Porém, na luz negra o amarelo do fundo some e o alienígena se destaca, mostrando que ele é importante por sua sensibilidade, muitas vezes usada de alvo.Os macacos em vermelho na luz artificial, ficam pretos na luz ultravioleta, e o fundo ao redor deles brilha.. Quem sofre bulling tem vários fantasmas que o perturbam e o faz se apagar perante a própria vida. E quem o pratica tem sua primitividade protegida pela carapaça que adquiriu, também pelos sofrimentos que passou, mas que reverteu-os em proteção, e esta proteção, por sua vez, machuca quem é sensível, quem tem uma consciência além, simbolizado aqui pelo alienígena.